quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Quarta Rosa mobilizou todos os funcionários da Semed



A Quarta-feira Rosa da Secretaria Municipal de Educação  de Nova Iguaçu mobilizou todos os funcionários na mesma causa: conscientização sobre o câncer de mama, que a cada ano no Brasil representa 22% de novos casos nas mulheres e 1% nos homens. A luta para a professora Marília Ribeiro Mendonça, 61 anos, tem um significado especial. Ela foi acometida da doença há 10 anos, foi submetida à mastectomia e é um exemplo de superação.

Marília conta que apesar de fazer acompanhamento médico anualmente deixou passar um detalhe. Ao perceber a diminuição da mama esquerda fez uma biópsia de um nódulo, o exame deu negativo para malignidade. “Mesmo assim o médico me orientou a fazer a cirurgia. Só que eu só fiz dois anos depois e o exame patológico também não acusou o câncer inicialmente, mas logo depois veio à notícia”, revelou a professora. Por tudo isso, a professora aconselha que as mulheres sigam a orientação médica.

As também professoras Maria da Glória Borges, 57 e Bianca Oliveira, 36 não querem perder tempo. Estão em dia com os exames de mamografia e ultrassonografia. Ambas estão de olho na prevenção, entendem a importância do autoexame, mas não dispensam os serviços médicos. Glória faz mamografia uma vez por ano e Bianca o ultrassom da mama. “Existe um mito, não sei, que mulheres que amamentam são menos propensas ao câncer de mama, mas a realidade tem mostrado outra coisa. Eu mesma tenho uma amiga que amamentou três filhos e teve a doença. O melhor é não arriscar”, aconselha.

Já a assistente administrativa, Tânica Maria Parga, 63 anos, apesar das consultas ao ginecologista nunca fez uma mamografia. Por ter uma mama pequena e nunca ter detectado nada no autoexame não via necessidade do exame. “O Outubro Rosa me fez mudar de ideia. Já marquei consulta e vou pedir ao médico a mamografia. Fiquei muito tempo cuidando da família e fui deixando passar o tempo”, contou Tânia.

 

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Professores de Educação Especial participam de manhã de autógrafos


 Mais de 100 professores que atuam na educação especial de Nova Iguaçu tiveram um encontro diferente dos que acontecem mensalmente.  Participaram de uma manhã de autógrafos com a escritora e professora Eloisa Cristina de Freitas, que deu um depoimento sobre sua experiência pessoal com os filhos especiais, duas autistas e um paralisado cerebralAo mesmo tempo, o grupo se divertiu na confraternização pela passagem do dia dos professores ao som de muita música com o DJ e professor Maximiano Moraes da Silva, que apesar da deficiência visual selecionou as melhores músicas para os colegas.


A experiência com os filhos levou Eloisa a mergulhar no mundo da educação especial. Hoje ela trabalha nas redes municipais de educação de Belford Roxo e Duque de Caxias. Ela é autora dos livros Recriando Asas no Abismo, Poesia Nossa de Cada Dia, entre outras obras.

Além da escritora, alunos do curso de garçons da Escola Especial Favo de Mel, da FAETEC/Quintino fizeram uma demonstração de como é possível vencer quando são oferecidas as oportunidades. Os estudantes, todos com Síndrome de Down, foram os responsáveis por servir o lanche. 

O encontro, no Sesc, contou com as presenças da subsecretária de Gestão Pedagógica, Magali Vizzoni, das superintendes, Odenize Monteiro e Enir de Oliveira, da coordenadora de Educação Especial Inclusiva, Marilene Cecília Ramos e toda a sua equipe.

Emoção

O relato da autora emocionou a professora da sala de recursos da Escola Municipal Nabor Othuk, Natane Barbosa. “É comovente como ela enfrentou a situação e superou as dificuldades. Esses encontros nos possibilitam a troca de experiência”, contou a professora.

Há oito anos trabalhando com educação especial, a professora da Escola Municipal Heitor, Dantas, Helena Barreto acredita que as barreiras são quebradas a casa dia. “O trabalho é difícil, mas gratificante. Eles mostram a cada dia como são capazes”, comemora.



Educação tem processo seletivo para o Projovem Urbano


A Secretaria Municipal de Educação de Nova Iguaçu receberá inscrições nesta quinta e sexta-feira, dias 23 e 24, para o Processo Seletivo Simplificado do Projovem Urbano/ Edição 2014. Serão contratados professores ou educador de áreas específicas do Ensino Fundamental, de Participação Cidadã, de Qualificação Profissional, para Coordenação Pedagógica entre outros, num total de 48 vagas. O edital completo será publicado nesta terça-feira (dia 21), no Diário Oficial no Jornal ZM Notícias.

Os interessados devem procurar a Secretaria Municipal de Educação, das 9h às 16h.  De acordo com a Coordenadora do Projovem, Zélia Veronezi Louredo, a seleção simplificada será feita por meio de análise curricular, prova de títulos e do comprovante de experiência de cada candidato. Segundo Zélia, as vagas serão preenchidas prioritariamente por servidores do quadro efetivo da Prefeitura, embora a seleção seja aberta aos demais profissionais.

Na quinta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 16h, o atendimento será para funcionários da Rede Municipal e na sexta para o público em geral no mesmo horário. São 18 meses de formação com remuneração que varia de R$ 3.500,00 a R$ 1.200,00.

Os selecionados irão atuar em um dos três polos localizados nas Escolas Municipais Dr. Froes Machado (Valverde), França Carvalho (Prata) e Marinete Cavalcante de Oliveira (Comendador Soares), que também estão recebendo inscrições para estudantes de 18 a 29 anos, das 7h às 16h. Neste caso, os interessados precisam apenas serem alfabetizados e ainda recebem uma bolsa auxílio de R$ 100.

A Secretaria Municipal de Educação está localizada á Rua José de Alvarez, 330- Centro de Nova Iguaçu.

  

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Ao Mestre com carinho


Semana da Ciência e Tecnologia vai até esta sexta

Formação profissional e pedagógica foram caminhos apontados pela professora e doutora em ecologia social, Maria Marques dos santos, durante a abertura da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, no Complexo Cultural de Nova Iguaçu. Segundo ela, mesmo que as unidades escolares estejam tecnologicamente equipadas, o que não é uma realidade, é preciso investir na graduação, pós- graduação e doutorado.

Ela sugeriu as diversas formas de ingresso dos docentes nas universidades públicas. “Não tem tecnologia que de jeito se não houver formação inicial”, analisa a professora do Departamento de Educação do Instituto Multidisciplinar da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

O evento aberto pela Secretária Municipal de Educação de Nova Iguaçu, Maria Aparecida Marcondes Rosestolato, seguirá até esta sexta-feira, dia 17, com a participação dos estudantes da educação básica, municipal, estadual e particular. Para a secretária é preciso investir na tecnologia como forma de auxiliar a educação. “Temos grandes dificuldades em acessar a internet em muitas das escolas da Rede Municipal. Precisamos que as empresas de telefonia melhorem o sinal”, desabafou a secretária.

Também participaram da abertura os secretários de Cultura e Lazer, Vagner d’Alex de Almeida, de Ação Social, Cristina Quaresma, de Urbanismo e Meio Ambiente, Giovanne Guidone.   Para Vagner, a Semana de Ciência e Tecnologia é uma forma de diminuir a distância dos munícipes às novas tecnologias.    


Nesta terça, as  atividades acontecerão das 10h às 21h no Senai, que fica na Rua Gerson Chernicharo, s/nº- Bairro da Luz e na quinta e sexta, das 9h às 17h, no Sesc, localizado à Rua Dom Adriano Hipólito, 10, Bairro Moquetá.

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Bornier abre Semana da Pátria em Nova iguaçu


Com o tema Nova Iguaçu do Brasil, o prefeito de Nova Iguaçu, Nelson Bornier, abriu na manhã desta segunda-feira (01/9), dia a Semana da Pátria que irá até domingo, 7 de setembro, na Avenida Marechal Floriano Peixoto. Ele estava ao lado da secretária de Educação, Aparecida Marcondes Rosestolato, onde assistiu as apresentações das 131 escolas. O céu colorido de balões que garantiu um espetáculo à parte a solenidade. A vice-prefeita, Dani Nicolasina acompanhou o desfile de Miguel Couto.

Á tarde, uma multidão prestigiou as apresentações de 15 escolas que não pouparam esforços para mostrar a importância do município dentro da história de crescimento do país. Estavam representadas a serra do vulcão, a estrada de ferro, os antigos laranjais, a Via Light, a Praça de Skate e as personalidades iguaçuanas, como o técnico do Flamengo Vanderlei Luxemburgo e os atores Humberto Martins.

As primeiras Escolas Municipais a se apresentarem foram à Casa da Criança de Miguel Couto, Barão de Guandu e Antônio Pinheiro Victory, que estavam acompanhadas musicalmente pela banda Oficina Ensino Sonho Meu.
Também desfilaram as Escolas Municipais Ruy Afrânio Peixoto, Vereador Helcio Chambarelli, Professor Darcy Ribeiro, Janir Clementino Pereira, Casa do Menor São Miguel Arcanjo e os Colégios Estaduais Barão de Tinguá e Ambaí.

Neste primeiro dia, a parada cívica foi prestigiada pelos vereadores Carlão Chambarelli, Cacau, Gerciano, e pelo secretário de Administração, Celso Valentin e o presidente do Comitê de Políticas Públicas da Educação, Acárise Ribeiro.
Já nesta terça-feira, dia 02, os desfiles acontecem no Km 32 e Cabuçu, às 8h e 14h.  




segunda-feira, 26 de maio de 2014

Bornier anuncia aumento para os diretores

Os quase 300 diretores gerais e adjuntos da rede municipal de ensino de Nova Iguaçu terão nova gratificação a partir de 1º de junho. A mensagem com os novos valores de R$ 3 mil, R$ 2.500 e R$ 1.800 foi encaminhada para a Câmara de Vereadores e será votada nesta terça-feira, dia 27 de maio.  O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira, pelo prefeito Nelson Bornier, que ressaltou o empenho da secretária Municipal de Educação, Aparecida Marcondes Rosestolato e dos vereadores, que aceitaram discutir a pauta.

De acordo com o prefeito, a nova gratificação representará um impacto de mais de R$ 500 mil mensais na folha de pagamento e R$ R$ 6 miilhões ano.  “Fico feliz em poder corrigir este erro cometido e ao mesmo tempo esclarecer que este aumento é resultado de encontros com um grupo de diretores em meu gabinete, que está aberto”, afirmou Bornier, que estava acompanhado da vice-prefeita, Dani Nicolasina.

O aumento no valor da gratificação que atualmente é de R$ l.800,00 - nas quatro escolas com maior número de alunos-, R$ 1.200 e R$ 800,00, respectivamente para diretores gerais e adjuntos é uma reivindicação antiga, que ficou mais gritante com o novo valor da dobra de carga horária, concedida no ano passado.

O presidente da Câmara de Vereadores, Maurício Moraes, ressaltou a importância da parceria do governo com o legislativo.” No ano passado votamos a dobra de carga horária para os professores. E vamos votar amanhã o aumento dos diretores”, declarou o presidente.

Comemoração

O anúncio agradou em cheio aos diretores que lotaram o Salão Colonial, no centro de Nova Iguaçu. Para a diretora da Escola Municipal Alice Couto, Janice Maia, a mudança representa o reconhecimento do trabalho. “Na verdade nossa reivindicação é desde 2010. Nós diretores estamos lá na ponta e com muita responsabilidade nas mãos. Estamos nos sentindo valorizados e impactados com o apoio da secretária, dos vereadores e do Prefeito”, comemora a diretora.

Quem também está comemorando é a diretora da Escola Municipal Ana Maria Ramalho, em Miguel Couto, Maria Célia Inácio Rosa. A frente da unidade escolar há quase 13 anos, ela acredita que o aumento representa o reconhecimento do trabalho dos gestores das escolas.


O anúncio do aumento foi acompanhado de perto pelo deputado estadual, Domingos Brazão, líder de governo na Câmara, Carlão Chambarelli, dos vereadores Fabinho Rodilândia, Luciano Gomes, Alcemir Gomes, Eduardo do Doce, Fernandinho Moquetá, Renato do Mercado, Gilson Cunha, Marcelinho Amigo das Crianças, Carlos Ferreira, Jeane Jura, Dequias, Marcelo Nozinho, Fabinho Rodilândia, Marcos Rocha, Marquinhos da Tia Megue, Cacau, Denilson Ambrósio, Gerciano e Jorge de Austin.








    

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Escolas de campo recebem computadores interativos

Os estudantes das 12 escolas municipais de campo de Nova Iguaçu ganharam reforço tecnológico para ajudar na aprendizagem. Apesar de o giz continuar nas salas de aulas, é a lousa digital que está atraindo a atenção da meninada que pode participar de jogos ou resolver questões matemáticas por meio de um computador interativo que vem projetor multimídia. A novidade é disponibilizada pelo Ministério da Educação, através do Programa Nacional de Tecnologia Educacional (ProInfo)- FNDE.

A secretária de Educação, Aparecida Rosestolato, fez questão de participar da entrega dos computadores, recebidos com euforia pelos diretores. “Acho uma maravilha que os alunos do campo possam usufruir das novas tecnologias. Este equipamento é moderno e irá despertar a curiosidade, que os levará a adquirirem mais conhecimento”, disse Aparecida, que estava acompanhada da coordenadora da Educação no Campo, Cristina Bilheiro.

O computador interativo (projetor multimídia) é portátil, leve e pode ser utilizado pelos mediadores tecnológicos dos laboratórios do ProInfo, que podem trabalhar em parceria com os professores nas salas de aulas. É equipado com teclado, mouse, portas USB, porta para rede wireless e rede plc, unidade leitora de DVD e um data show interno que possibilita a projeção dos conteúdos digitais nas salas de aula.

Por conta da dificuldade de acesso a web no campo, o Ministério da Educação disponibilizará internet via rádio, até junho, para que os alunos possam se interligar com o mundo.  De acordo com Tatiana Eliza, coordenadora do Núcleo de Tecnologia Municipal, a partir do segundo semestre os mediadores tecnológicos participarão de uma formação com sugestão de atividades educacionais.


Para o diretor da Escola Municipal Barão de Guandu, Rodrigo Cunha Barbosa, essa nova ferramenta tecnológica será fundamental para a formação dos estudantes. “As aulas com certeza serão mais atrativas e alegres. Também será um grande reforço no horário regular e integral”, comemora o diretor.

Prefeito vistoria obras das novas escolas em Cabuçu e Rodilância

O Prefeito de Nova Iguaçu Nelson Bornier passou a manhã de sábado vistoriando as obras das Escolas Municipais Professores Franklin Bolivard Fernandes e Ivani Vigné Babo, que serão inauguradas, no próximo dia 17. Detalhista, o prefeito conversou com os empreiteiros sobre a qualidade do acabamento e respeito ao prazo de entrega das unidades escolares.

Acompanhado dos Secretários de Governo, Thiago Portella, de Educação, Aparecida Marcondes Rosestolato e de Obras e Serviços Públicos, Carla Neves.  Bornier percorreu os vários pontos da obra, como a quadra poliesportiva, sala de informática e de educação infantil.

“Ficou muito bonita esta quadra. Nossas crianças terão realmente uma escola de muita qualidade”, disse o prefeito, que no dia 31 também inaugurará a Escola Municipal Professora Priscila Bouças Villanova, em Lagoinha.   

Quem também participou da visita foi o deputado federal, Felipe Bornier, que elogiou a qualidade do material das carteiras escolares e o padrão de obras das novas escolas que são todas voltadas para a acessibilidade, inclusive, com  piso podotátil  -para facilitar a caminhada  dos deficientes visuais, já que favorece a sensibilidade nos pés-, e área para a educação infantil.

Também no sábado, o prefeito encontrou com moradores do bairro Jardim Pernambuco, onde recentemente várias ruas foram inauguradas. Ele ouviu  pedido dos moradores para limpeza do rio que corta o  bairro. O prefeito caminhou pelas ruas com a vereadora Jeane Jura.             

sexta-feira, 2 de maio de 2014

Professores de Nova Iguaçu participam de aula inaugural do PNAIC

Cerca de 600 professores participaram na última terça-feira, dia 30, da aula inaugural do Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) 2014, que este ano tem foco na matemática. O encontro aconteceu no auditório do bloco k da Universidade de Iguaçu e teve como palestrante a mestra em educação Matemática, Gisela Pinto.
Como a procura pela formação está grande e o prazo para inscrição foi prorrogado e irá até esta segunda-feira, dia 5. Os professores alfabetizadores devem se apressar e encaminhar as inscrições para o setor pedagógico. A bolsa neste caso é de R$ 200,00. Já os orientadores de estudo, que passaram por formação com a UFRJ, é de R$ 765,00.

O PNAIC é um programa integrado cujo objetivo é a alfabetização em Língua Portuguesa e Matemática, até o 3º ano do Ensino Fundamental, de todas as crianças. De acordo com a Superintendente de Desenvolvimento e Planejamento, Odenize Monteiro, a novidade deste ano é que os professores participarão da formação em seu horário de trabalho duas vezes ao mês, as terças, quartas e quintas no CIEP 022, no bairro da Luz.

“Já temos relatos de resultados positivos com as crianças. Muitos professores têm no procurado para contar o resultado do trabalho”, comemora.


 A Coordenadora Local do PNAIC em Nova Iguaçu, Gléuce Senra, explicou que a partir do momento em que os professores passam a integrar o curso, sentem-se mais a vontade para falar de suas práticas em sala de aulas.  “A formação é o local onde o professor tem espaço para ser ouvido e refletir sobre sua prática”, analisa a coordenadora.  


A professora Rosângela Marques de Lima, do CIEP 373- Brigadeiro Teixeira, está participando do curso pela segunda vez. “Acho que já houve evolução no aprendizado das crianças, mas o resultado maior será visto em longo prazo”, acredita.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Nova Iguaçu está investindo 36,6 milhões na construção e reforma de escolas



 A Prefeitura de Nova Iguaçu está investindo R$ 36,6 milhões na construção e reforma de escolas para garantir qualidade de ensino aos mais de 66 mil alunos matriculados.  O desafio do governo é fazer com que o município se destaque no Índice de Desenvolvimento da Básica (IDEB) não só com o investimento humano, mas com boas condições físicas dos prédios, grande parte com mais de 30 anos de construção.
  
Para a secretária de Educação, Aparecida Marcondes Rosestolato, este compromisso do  governo  Bornier de construir e reformar escolas é o que define qualidade na educação. Segundo ela, em um ano e meio de governo o número de alunos deverá chegar a 70 mil.

 "O prefeito Bornier está empenhado em garantir que as nossas crianças estudem em Nova Iguaçu. Em 2015 esperamos que quem  mora em Lagoinha possa matricular os filhos perto de casa", afirmou. 

Nesta matemática, os bairros de Lagoinha, Cabuçu e Rodilândia  estão ganhando três novas escolas que juntas oferecerão cerca de  1.200 vagas em horário integral  da educação infantil ao sexto ano. Além disso, outras duas escolas já estão com obras em andamento nos bairros de Santa Rita e Grão Pará,  e como as anteriores com 10 salas, quadra, vestiário, refeitório entre outras coisas.

“Não podemos repassar a responsabilidade da qualidade do ensino para as mãos do professor. Pois educação é um projeto mais amplo”,  explicou , acrescentando que o governo tem a obrigação de dar condições de trabalho e conforto para os professores e alunos, a fim de evitar a evasão escolar. 
  
 E em matéria de obras escolares, a prefeitura pretende atingir a nota máxima: 10. Neste quesito, está levando mais educação para os bairros do corredor da Estrada de Madureira, Santa Rita e Tinguá, onde uma nova unidade escolar será construída em Parque Estoril com 14 salas, biblioteca, sala de informática e midiateca. No mesmo padrão, será erguida a escola de Três Marias.

Seja com recursos próprios ou por meio de projetos encaminhados ao FNDE, que garantiu 11 creches para a cidade em diversos bairros, a Prefeitura tem como meta construir 10 escolas. São 23 escolas em processo de reformas, sendo que seis delas já estão em andamento ou finalizadas, como é o caso da Escola Municipal Três Marias.

Geração de empregos
O pacote de obras está gerando mais de 200 empregos de serralheiros, pedreiros, ladrilheiros, carpinteiros, pintores, ajudantes, marceneiros, bombeiros hidráulicos e serventes. Ao mesmo tempo dá esperança para que parte dos operários vejam seus filhos matriculados perto de casa. É o caso do ajudante de obras, Jadir da Silva Medeiros, 33anos. Ele trabalha na construção da Escola Municipal Ivani Vigné, em Cabuçu.

“Antes de vir para cá estava desempregado. Estou aqui há sete meses e acho que o bairro vai ganhar muito, já que as crianças poderão estudar perto de casa”, comemora.

O ajudante de serralheiro, Felipe dos Santos também está feliz. “Não tenho filhos, mas acho que a escola vai ajudar no crescimento da comunidade. A educação é importante para as crianças. Sem ela não se chega a lugar a algum”, comentou.

Cadastro
Enquanto aguardam a inauguração, as diretoras nomeadas para as unidades escolares estão com a tarefa de cadastrar os novos alunos. No caso de Lagoinha, onde grande parte dos estudantes estudam no município vizinho de Seropédica, mais de 300 crianças já estão na lista. Serão 420 vagas da educação infantil ao 6º ano.
Em Cabuçu não é diferente. A equipe da direção também está a postos cadastrando os futuros alunos. Nas três novas unidades escolares, o espaço físico chama a atenção. A acessibilidade vai garantir a segurança dos portadores de necessidades especiais.
E as quadras cobertas favorecerão as atividades de educação física e horário integral dos alunos. Deste grupo de escolas, apenas Lagoinha não terá a quadra pronta até a inauguração. Mas foi incluída no projeto, que não previa o benefício anteriormente.  

Escolas em reformas:
Escola Municipal Nabor Othuk
Escola Municipal  Professor Leonardo Carielo de Almeida
Escola Municipal Alice Couto
Escola Municipal Dr. Rubens Falcão
Escola Municipal Professora Dora Eulália

Em Licitação

Escola Municipal Antonio Pinheiro Victory
Escola Municipal Mascarenhas de  Moraes



terça-feira, 8 de abril de 2014

Educação tem 15 mil estudantes cadastrados no RioCard

Cerca de 15 mil estudantes já estão cadastrados no sistema RioCard Estudante, implantado pela Prefeitura de Nova Iguaçu. O número chega a 15% do total de alunos matriculados na rede e bem acima do previsto. Dos cerca de sete mil cartões entregues nas escolas, 1.065 ainda esperam por seus donos.

 Só na Escola Municipal Monteiro Lobato, no centro do município, do total de 995 cartões, 672 foram entregues aos alunos e 283 estão na secretaria da escola aguardando a retirada.

Os pais do estudante Matheus Nixon dos Santos, 11 anos, foram atendidos  no setor de Riocard da Secretaria Municipal de Educação, onde f o aluno foi fotografado e  cadastrado. “ Estou  aliviado e com a certeza de ter resolvido a questão”, disse.

O RioCard  Estudante passou a valer a partir do dia 10 de março e é válido apenas nas 80 linhas municipais.  O cadastro começou em novembro e continua sendo realizado em todas as escolas da Rede Municipal de Ensino.

Os interessados devem procurar a secretaria das respectivas unidades escolares e solicitar o cadastro do estudante. “É importante esclarecer que apenas alunos residentes em Nova Iguaçu têm direito ao RioCard, que foi implantado para dar mais segurança as crianças e evitar as fraudes, como venda de passes e uso em lan houses”, enfatizou a secretária de Educação.



Comemorando
Alunos do nono ano da Escola Municipal Monteiro Lobato, Michel dos Santos Rocha e Dennis Oliveira, ambos de 15 anos, já estão o cartão.

Já a dona de casa Elaine Aparecida da Silva Correa, só cadastrou o filho Alessandro da Silva Correa, 7 anos, nesta quarta-feira, dia. “Eu moro no bairro Califórnia e achava que não tinha direito ao Riocard”, justificou. 

Escolas de Educação Infantil recebem novos materiais como travesseiros e papel higiênico

Travesseiro, creme dental, escova de dente, colchonete, toalha de banho e papel higiênico estão entre os 15 materiais adquiridos pela Secretaria Municipal de Educação de Nova Iguaçu para abastecer as 16 Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIS).  

“O prefeito Bornier tem nos ajudado no compromisso de dar aos nossos alunos e professores dignidade dentro da escola. Também já estamos entregando as carteiras escolares ”,  explicou a Secretária de Educação, Aparecida Marcondes Rosestolato, informando ainda que  além das EMEIS, as demais unidades escolares já receberam papel higiênico.

Segundo relato de diretores, alguns materiais como papel higiênico e produtos de higiene pessoal para as crianças não são distribuídos há mais de 10 anos e em alguns casos nunca chegaram.

Além do papel higiênico, creme dental e a escova de dente estavam entre os itens mais esperados pelas escolas. São mais de 100 mil unidades de produtos de higiene bucal.
 “A maioria das crianças não têm escovas de dente. E quando trazem, as mães pedem que coloquemos deve volta na mochila porque é a mesma utilizada em casa”, explicou a diretora da EMEI Nova Era, Sueli Barata Araújo.

Ela contou ainda que em três anos na unidade escolar foi a primeira vez que recebeu papel higiênico. Antes a solução, segundo ela, era comprar ou contar com a boa vontade dos pais.


Na EMEI Rodrigo Twardowsky Alves, as 74 crianças também já contam com os novos produtos. A diretora Maria Georgina Campeiro também está comemorando. “Nos quatro anos em que estou na direção da escola não via nenhum material chegar”, contou.